sexta-feira, 25 de março de 2011

"É, Caroline, você nunca sabe o que quer."

Eu posso não saber o que eu quero, mas eu sei o que eu não quero. E eu não quero isso.

Nenhum comentário: