quinta-feira, 17 de março de 2011

Anestesia.

Odeio me sentir assim. O meu mundo desmoronando e eu não consigo derramar uma lágrima sequer. Vai ficando tudo guardado, acumulado. É como se eu estivesse anestesiada. Mas a anestesia não dura pra sempre: um dia o efeito passa e todas as coisas guardadas caem em cima dos meus ombros e eu mal consigo respirar.

2 comentários:

C. Mazoni disse...

Gostei do seu blog e do modo como você escreve. Continue assim.
Entendo exatamente o que você quer dizer. Passei por uma fase igual e ainda passo.

Bem, eu odeio fazer isso, mas sempre acabo fazendo:
http://dreamon2.blogspot.com/
Se tiver um tempo livre, dê uma passada no meu blog. (:

Internetador disse...

Identificação 100%