quarta-feira, 6 de maio de 2009

Pessoal

Quantas vezes o meu não foi um sim e o meu sim foi um não? Os meus "por quês" quase nunca são respondidos e os meus "porques" nem sempre respondem. De todas as perguntas que eu tenho guardado, sou a maior das minhas incógnitas.

3 comentários:

PC Siqueira disse...

Quanto mais esclarecido a gente fica, menos a gente consegue entender as coisas.

Tiago Carturani disse...

Somos um eterno ponto de interrogação.

Deni disse...

flw pouco mas flw bonito
mto constante e equânime seu comentário/artigo xD~

parabens pelo blog
primeira vez aki.
espero retornar mais vezes
ótimo fds.
e te convido a vir no
www.bagageirodocurioso.spaceblog.com.br

\o/
abraço!