quarta-feira, 15 de abril de 2009

Title and Registration

Não há culpa em como o nosso amor lentamente desaparceu. E agora que se foi, é como se nunca tivesse existido. E aqui eu descanso, onde a decepção e o arrependimento colidem, me deixando acordarda na cama à noite.

Nenhum comentário: