sábado, 28 de março de 2009

Sábado à tarde

Deitei. Contemplei o meu céu imaginário forrado de estrelas na alvenaria do meu quarto. A música era alta, ensurdecedora. Para abafar os pensamentos, dar descanso a alma.

Um comentário:

PC Siqueira disse...

Faz muito bem. Não dei descanço à minha agora ela está assim, meio depenada e ínsone.