quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

Perdoa-me

Eu te peço perdão por te amar de repente, embora o meu amor seja uma velha canção nos teus ouvidos.

2 comentários:

Lully disse...

Se soa como uma canção
nao se sinta culpada;

Ana disse...

sempre escrevendo por mim, dona querrol