segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Além do amor

"Se tu queres que eu não chore mais, diga ao tempo que não passe mais. Chora o tempo o mesmo pranto meu. Ele e eu. Tanto que só para não te entristecer que fazer, canto. Canto para que te lembres quando eu me for.
Deixa-me chorar assim, porque eu te amo. Dói a vida tanto em mim porque eu te amo. Beija até o fim as minhas lágrimas de dor. Porque eu te amo, além do amor!"

Vinicius de Moraes

Nenhum comentário: